O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

sexta-feira, setembro 02, 2005

Saiu-lhe caro o gosto por perfumes

Uma lisboeta de 32 anos gosta de perfumes caros, mas não de os pagar. Por isso, resolveu ir a uma perfumaria abastecer-se de dez frascos. A senhora não contava era que uma funcionária do estabelecimento, situado na Rua de Sara Afonso, na Senhora da Hora, em Matosinhos, estivesse atenta aos seus movimentos e que a apanhasse quando ela ia a passar pela caixa registadora sem pagar os perfumes.
A funcionária chamou a PSP a cujos agentes entregou a assaltante sob detenção e apresentou queixa.
Os frascos foram avaliados em 508,80 euros.

2 Comments:

Enviar um comentário

<< Home