O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

domingo, outubro 23, 2005

PSP cercou Área Metropolitana do Porto e deteve 50 pessoas

Agentes da PSP/Porto saíram para a rua em peso esta madrugada e fizeram alguns “estragos” na noite portuense, e não só, pois detiveram 50 pessoas, por diversos tipos de crimes, tendo mesmo apanhado em flagrante dois indivíduos que assaltavam um estabelecimento. Os polícias constataram, mais uma vez, que se continua a conduzir e a beber ao mesmo tempo. A operação “Despertar Outubro” envolveu 400 polícias, alguns dos quais trajados à civil, que se espalharam por pontos-chave de alguns concelhos da Área Metropolitana do Porto, designadamente, Gondomar, Valongo, Porto, Matosinhos, Maia, Vila Nova de Gaia, Vila do Conde, Póvoa do Varzim e Santo Tirso.
Os resultados não se fizeram esperar, como verificaram dois indivíduos que foram surpreendidos em pleno “trabalhinho” quando assaltavam uma loja.
Além destes, os elementos da Divisão de Trânsito (DT) detiveram 36 pessoas que conduziam com uma taxa igual ou superior a 1,20 g/l de álcool no sangue. De cada vez que os agentes da DT saem para as ruas há sempre quem acabe a noite na esquadra à conta do álcool a mais.
Contas feitas, já de manhãzinha, foram fiscalizados 1694 veículos, tendo os polícias levantado 310 autos de contra-ordenação por infracções ao Código da Estrada, designadamente condução em excesso de velocidade, desobediência à sinalização policial. Nesta operação, os polícias verificaram, mais uma vez, que muitos automobilistas continuam a conduzir sem seguro, que falta a inspecção periódica, assim como a falta de transferência de propriedade.
E por estes motivos, foram apreendidos seis carros, já que os donos não providenciaram no sentido de terem seguro e o imposto municipal, por exemplo.
Foram ainda detidos sete indivíduos por condução ilegal, dois por posse de haxixe e um por tráfico do mesmo estupefeciente. No total, os polícias aprenderam haxixe que daria para 341 doses individuais.
Na malha da PSP caiu ainda um indivíduo que tinha pendente um mandado de detenção e um outro homem por desobediência. No total, a PSP identificou 406 pessoas.
Esta operação foi muito abrangente, já que além da fiscalização rodoviária, os polícias foram ainda a 49 bares e discotecas, tendo detectado 59 infracções às regras de funcionamento.
Enquanto alguns agentes iam ver como paravam as danças, outros enveredavam pelos bairros do Lagarteiro, S. João de Deus e Cerco do Porto, na cidade Invicta, assim como pelos bairros da Biquinha e Cruz de Pau, em Matosinhos, e o bairro do Sobreiro na Maia.
No fim da operação “Despertar Outubro”, os polícias tinham um pequeno rol de apreensões, designadamente um bastão extensível em metal, uma pistola de alarme, 379 cd, uma aparelhagem de som, um canivete e um Taser ( máquina que efectua descargas eléctricas).

Manuela Pinto

1 Comments:

  • At 23 outubro, 2005 19:49, Blogger Premature-ejaculation said…

    A Night of Comedy: Lap-Pop
    Across from the homeless shelter on Capp street in the Mission District, at the Space180 venue, there was a cosmic convergence.
    Freom Bloger
    http://onlincure-premature-ejaculation.blogspot.com/

     

Enviar um comentário

<< Home