O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

sexta-feira, agosto 05, 2005

Túnel de Ceuta: Parte 573

Já acabou a conferência de imprensa que o presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, convocou duas vezes (a primeira era para ontem mas foi desconvocada), a fim de anunciar o conteúdo da proposta enviada ao primeiro-ministro, José Sócrates, sobre o túnel de Ceuta, também conhecido como o assunto de quem já ninguém pode ouvir falar.
Ora, de acordo com o site da Câmara do Porto (www.cm-porto.pt) a proposta do autarca foi: os portuenses que decidam. Ou seja, cada candidato a liderar a autarquia deverá apresentar uma proposta em concreto sobre o que pretende fazer com o túnel e, quem ganhar, olha, ganha. O mesmo é dizer, ganha a proposta de Rui Rio se se confirmarem as sondagens que lhe dão a vitória nas autárquicas de Outubro. O mesmo é dizer ainda que ganha o avanço da saída junto ao Museu Nacional Soares dos Reis, na rua D. Manuel II. Isto é, se Sócrates aceitar a solução proposta pelo autarca em carta enviada na segunda-feira. Alguém acredita que sim?

1 Comments:

  • At 05 agosto, 2005 21:50, Blogger AM said…

    Ou seja, obviamente, se o 1º ministro fosse na conversa deste fulano, tinha que, imediatamente, extinguir o IPPAR.

    Só ainda não entendi exactamente uma coisa:

    É o Rui Rio que é estúpido?
    É Rui Rio que acha que o Sócrates é estúpido?
    Ou o Rui Rio acha que somos todos (ou quase todos) estúpidos e, como assume que o Sócrates acha o mesmo, talvez possam fazer negócio?

    Irra que já chega de jogadas.

    Boas
    AMNM

     

Enviar um comentário

<< Home