O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

terça-feira, agosto 02, 2005

Postal

Meus Caros:
 
Como também eu recuso a ideia de que isto foi o fim, continuo a acreditar que, mais dia menos dia, o Comércio vai voltar para as bancas. Antes de mais, é preciso que alguém compre o título. Mas, mais importante ainda, é que as pessoas que tenho visto por aí a chorar a "morte" do jornal passem a comprá-lo diariamente, como eu sempre fiz. Como também é importante que não se esqueçam do Comércio quando se trata de dar informação, como eu sempre fiz. E que não se esqueçam de dar uns anúncios de vez em quando, como eu também sempre fiz. Não basta chorar o jornal - é preciso fazer alguma coisa por ele. Comigo podem contar sempre. É a minha forma de pagar a dívida que tenho para com o jornal onde tanto aprendi. Que outros paguem a sua. Se assim for, estou certo que o Comércio renascerá e vai ter longa vida.

Um abraço solidário de Coutinho Ribeiro

1 Comments:

  • At 02 agosto, 2005 17:14, Blogger António Barroso said…

    Nesta hora de despedida - despeço-me eu, porque também acredito que o jornal ressurgirá - sinto que tenho o privilégio de ter servido um título onde trabalharam homens a sério, como tu. Um abraço, que to vou dar uma destas noites, no sítio de sempre...

     

Enviar um comentário

<< Home