O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

quinta-feira, agosto 04, 2005

Mensagem

Mais umas palavrinhas
 
Realmente, caros camaradas, também eu tenho recebido algumas palavras de conforto pela "temporária" suspensão do nosso jornal. Estive nessa casa 22 anos e tanto tempo é normalmente quase um terço da vida de uma pessoa. Conhecia mais boa gente do que má e mesma a esta eu perdoo porque são pessoas que, nesta altura da vida, também estarão como eu a "fazer a mala"...

Espero que todo o processo se desenrole com celeridade e a favor do "renascimento" do nosso jornal, para alegria de muitos de nós, mesmo daqueles que já por aí não andam e andaram, como os meus amigos Xavier (um dos maiores artistas portugueses na arte da gravura), o Gomes de Almeida, o Correia de Brito, o Manel Teixeira, o Marques da Cruz, o Silva Tavares, o Fernando Passos e tantos outros. Como se sentiriam despedaçados se cá estivessem o Ercílio, o Azuil, o Machado, o Jaime, o Hugo, o Barradas, o Luis de Carvalho e alguns outros ainda que eu já não sei se estão por cá. Como devem sofer o Daniel Rodrigues, em Aveiro, e o Santos Martins. O próprio Jesus Zing. Só vos peço que tenhais atenção ao "Miguel de Vasconcelos" que vos apareceu e que parece que também é dos que decide. É português, mas fala espanhol...

Um abraço de esperança do
Joaquim Queirós