O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

terça-feira, agosto 02, 2005

Dá-me «ganas!»

A Ana Cristina Gomes, «a Nickita», por tudo de MUITO, MUITO, MUITO IMPORTANTE que ela representa para mim; o Carlos Pereira Santos, leceiro de alma e grande coração, meu eterno professor, confessor, AMIGO, irmão mais velho; o António Soares, pela experiência, humor único e paciência de pescador; o Paulo Ferreira, pelo nariz, pela experiência, pelo sotaque; o Rebelo, pelo charuto, assobio, sapiência; o José Miranda, pela infinita dimensão da personalidade, sabedoria, alegria, devoção, entrega, exemplo; o António Barroso, também pelo nariz, pela jovialidade tremenda, excelente disposição, música, trabalho, companheirismo; o Jorge Maurício Pinto, pela estatura, por ter sido o meu primeiro editor n'O Comércio, pela piada com assinatura muito própria; a Susana Ribeiro, por ter sido a primeira das miúdas do jornal a falar comigo e a receber-me com amizade sincera; a Patrícia Carvalho, pelo gigantesco tamanho da personalidade, aplicação jornalística e pelo jantar de salsichas que ainda me deve; a Natália Faria, idem aspas, menos o jantar, mas pelo candeeiro que lhe pendurei lá em casa; o Pedro Manuel Couto, pelo Mercedes de amizade que é e que é maior que o meu; o Rui Reisinho, por ser um companheirão e o melhor exemplo de vida que alguma vez tive pela frente; o Vaz Mendes, pelo reencontro marcante n'O Comércio; o Miguel Pataco, por não haver pataco que pague um companheiro como ele; a Lígia Candeias, pelo ténis que começou por escrever, lá no cantinho da sala do Desporto, e o sorriso imenso que abriu no rosto de alguém que nos é muito importante; a Olga Teixeira, pelos «arranques» inconfundíveis e a vontade infindável de querer chegar sempre mais longe; a Maria João Leite, pela companheira hóquei, ou será O.K.?, que revelou ser; a Sónia C. Santos, pelo telemóvel sempre a apitar, mas que nunca lhe roubou a atenção e a dedicação no trabalho; a Patrícia Prates, pelas gralhices e outras chalacices; o CAT, pelo fato e a gravata que nunca usou; o Vítor Santos, pelo ponto de vista que ele sabe; o Jorga, pelos caminhos que percorremos; o José Rocha, «ouve cá...», nós sabemos porquê; o Pipa, pelo tigre que é!; o Granadeiro, por ser um porreiro; o Calçada, pela lente sempre focada; a Manuela Pinto, pelo respeitinho que impõe à polícia; o Meireles, pela Corunha e pelas fotos do Jorge Andrade que ainda não me entregou para eu entregar ao Jorge Andrade; a Dora Mota, pelas causas que ela sabe e pelos mails a metro que envia; a Fernanda Rossi, pelo portuguéish do brasiu!; a Marlene, porque ainda há-de pagar um copo no Batô; a Ana Valente, deixe mensagem que a gente fica contente!; o José Vinha, pelo espectáculo que foi trabalhar e fazer amizade com ele; a Malta da paginação (assim sei que não me esqueço de ninguém), pelas edições e outras coisas que tais que fizemos juntos; a fotografia, os serviços de apoio, os correspondentes, todos os amigos que fiz e conheci entre Julho de 2000 e Julho de 2003 — e agora fica mesmo a certeza que estão todos aqui —, fizeram o «meu» O Comércio do Porto. O jornal está suspenso. Dá-me cá umas ganas...

Paulo Horta

6 Comments:

  • At 02 agosto, 2005 20:28, Blogger miguel said…

    Grande abraço Hortêncio. Foi um prazer acordar cedo (e tu sabes o quanto eu gosto de madrugar!) para ir aos treinos do FCP na tua companhia. Acho que fizemos um trabalho do qual nunca teremos de nos envergonhar....

     
  • At 02 agosto, 2005 20:44, Blogger Destro said…

    Pelo trabalho que fizemos, pelos caracteres que escrevemos, pelos copos que bebemos juntos e pelos que ficaram por beber (nem que o Couto faça nova despedida de solteiro no Mercedes), pela amizade que criámos e por tantas outras coisas... um grande beijinho para ti*

     
  • At 02 agosto, 2005 20:46, Blogger Juanita said…

    Pelo trabalho que fizemos, pelos caracteres que escrevemos, pelos copos que bebemos juntos e pelos que ficaram por beber (nem que o Couto faça nova despedida de solteiro no Mercedes), pela amizade que criámos e por tantas outras coisas... um grande beijinho para ti*
    (o meu texto saiu assinado pelo destro. mas agora vai sair direito, espero... sim, sou eu, a menina do OK. lol)

     
  • At 02 agosto, 2005 21:12, Blogger Ana Cristina Gomes said…

    Pelo filho que havemos de fazer e que será, também, um pouco filho deste jornal onde nos conhecemos... obrigada.

     
  • At 03 agosto, 2005 12:07, Blogger Patricia Carvalho said…

    Diz lá quando queres ir comer as salsichas, porra!!

     
  • At 03 agosto, 2005 12:15, Blogger Marlene Silva said…

    Obrigada por me fazeres rir... Só tenho pena de não te ter conhecido melhor e de não ter trabalhado contigo durante mais tempo...

     

Enviar um comentário

<< Home