O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

terça-feira, agosto 02, 2005

Bombeiros de Oliveira de Azeméis procuram comandante em ambiente de mau estar

Francisco Manuel

A escolha de um novo comandante para os Bombeiros de Oliveira de Azeméis está a provocar algum mau estar na corporação e levou inclusivamente o coordenador do turno diurno dos dois GPI’s (Grupos de Primeira Intervenção) e pedir a suspensão de funções por trinta dias. O presidente da Direcção nega que haja qualquer “mau estar” e adianta que esta nomeação será para suprir o “vazio” que existia no comando após a demissão do Comandante Paulo Oliveira, há cerca de um ano e meio.
Fonte próxima do processo afirma que Paulo Vitória, adjunto equiparado, que integra o Quadro de Especialistas e responsável pela Educação Física e Equipa de Salvamento Especial, da corporação é um dos nomes apontados, a par de Joaquim Monteiro, motorista e tesoureiro da Direcção. Jorge Pereira, segundo comandante, actualmente a comandar interinamente a corporação de Oliveira de Azeméis, deverá ser uma carta fora do baralho, uma vez que António Gomes, presidente da Direcção, afirmou ao ocomerciodoporto.blogspot.com que neste momento “o comando não é coeso”, e que “isso mesmo já foi dito ao comandante interino”. O responsável pelos bombeiros de Oliveira de Azeméis, admite que todos os nomes estão em cima da mesa, “mas pode riscar o de Joaquim Monteiro por fazer parte da Direcção”.
Há cerca de duas semanas as chefias de comando foram chamadas pela Direcção para que indicassem um nome que não fosse o de Jorge Pereira, o que desde logo causou algum mau estar, segundo uma fonte da corporação. O comandante interino, depois da demissão de Paulo Oliveira há cerca de um ano e meio, assumiu também o cargo de Coordenador do Gabinete de Protecção Civil de Oliveira de Azeméis, cargo que é remunerado e que passará a ser desempenhado pelo próximo comandante. Jorge Pereira é formador da Escola Nacional de Bombeiros na área de salvamento e desencarceramento e integra o laboratório móvel do fogo. Recentemente frequentou uma formação em França, na FDF, de nível 3 que lhe permite coordenar, a nível nacional, incêndios florestais.
Recentemente um grupo de comandantes operacionais do Distrito de Aveiro, começou a formar um movimento para que Jorge Paiva assuma o comando dos Bombeiros de Oliveira de Azeméis. No entanto, o presidente da Direcção, garante que o processo de escolha do novo comandante, o terceiro nos cinco anos de mandato de António Gomes, está a “ser muito ponderada”, e uma vez que a época de incêndios está no auge, só deverá ser conhecido durante o próximo mês. António Gomes diz ainda que necessita de nomear um novo adjunto de comando “que não pode ser nomeado pelo comandante interino”.
O comandante Jorge Pereira afirma que esta não é altura para falar deste assunto e por isso recusa tecer qualquer comentário sobre esta situação.

2 Comments:

  • At 03 agosto, 2005 00:21, Blogger Vítor Hugo Alvarenga said…

    Franscico, correndo o riso de parecer paneleiro, presto a minha vénia por teres sido o primeiro a recolher informações para o ocomérciodoporto.blogspot.com. O primeiro de muitos, espero eu. Continuas a subir na minha consideração, se é que isso interessa para alguma coisa. Continua.

     
  • At 03 agosto, 2005 08:44, Blogger Francisco Manuel said…

    Camarada Vítor Hugo:

    Não percebi essa do paneleiro, mas adiante. Para mim, claro que interessa a tua opinião, até porque me parece ser um dos principais dinamizadores deste blog. Como jornalista já conhecia o teu trabalho, e não lhe teço qualquer elogio, porque corro o risco de ficar aquém do teu valor. Com este blog, que eu não paro de aconselhar a todos os amigos e conhecidos, temos a oportunidade de mostrar que éramos, e somos, uma grande equipa de profissionais.
    É este potencial da blogosfera que temos de aproveitar. Não para lamechices, mas para que todos vejam quem eram os jornalistas do COMÉRCIO. No entanto, é também muito importante usarmos este espaço como desabafo, porque isso faz bem a qualquer ser humano.
    Há melhores que nós. Há piores que nós. Mas, nós, fazíamos realmente uma grande equipa de profissionais. Já agora, apelo para que deixemos de lado o nosso egocentrismo, lembrando-nos, que além de jornalistas também havia outros funcionários, tão, ou mais, importantes para o funcionamento da máquina, que nós.
    A eles, todos, também quero prestar a minha solidariedade e deixar-lhes um desafio: escrevam no blog.

     

Enviar um comentário

<< Home