O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

quarta-feira, agosto 03, 2005

Ao Xau Xau...ou Xou Xim...

"Meu caro, sem insultos...Quem se mascara por detrás de um - chamemos pseudónimo sem atacar livres pensadores e escritores -, e retira do seu blog (aquele mesmo em que só ele participa...porque será?) as mensagens colocadas que não agradam, não merece respeito de ninguém... Poderá ter toda a razão, mas perde-a ao esconder-se num anonimato cobarde. Quem tem coragem assume as suas opiniões.Obrigada, e Xau Xau

Carla Sofia Martins

1 Comments:

  • At 03 agosto, 2005 17:01, Blogger Mente Sana said…

    Desculpe a intromissão, mas de facto vi o tal blog a que se refere e ao ver a sua mais do que justa indignação e certa revolta até, não pude deixar de comentar. Em primeiro lugar, há que ter calma. Muito boa(?) gente(?) neste país goza com a infelicidade alheia e mais, chegam ao cúmulo de insinuar o despedimento, regozijar-se com o desemprego alheio e até escrever blogs simulando patéticas ofertas de emprego, talvez protegidos por um caciquismo associado a um salazarismo remanescente que ao fim de 31 anos se torna cada vez mais acentuado. Para quê o seu post ? Desculpe que lhe diga mas apesar de ter toda a razão, julgo que está a dar demasiada importância a quem vos procurou denegrir criando um blog para o devido efeito. Independentemente disso, o indivíduo em questão não parece perceber muito de internet e de informação, pois diz que as pessoas agora querem é internet. Bem, este indivíduo desconhece os inúmeros casos de sucesso de vendas e por outro lado, gosto de ler jornais na internet, mas evidentemente que não tenho acesso à mesma em todo o lado e tal facto também sai caro. Se tenho net por cabo ou adsl, tenho de pagá-la. Se vou ler jornais acedendo através de um modem e linha analógica... ao fim do mês, falo com conhecimento de causa, são 150 euros de telefone, em média. Independentemente disso, não é no café que saco duma PDA ou de um portátil e me ponho a ler um jornal, pois não dá jeito nenhum. Ler um jornal é algo parecido com o prazer que os fumadores sentem ao fumar. É algo único. Finalmente o insulto. Quando uma empresa começa a dar prejuízo, é nessa altura que os accionistas/administradores devem agir, pois os colaboradores fazem o que lhes mandam e como tal, se no final temos um insucesso, a culpa não foi deles. Como tal, ignore os insultos, pois partem de gente frustrada que se dedica a mandar palpites sobre a rentabilidade das empresas nos blogues e espaços de comentários de jornais e passam o dia inteiro nesses espaços, o que implica que nada fazem na vida pois se trabalhassem não tinham tempo para tal, porque como sempre têm inveja de quem saiba fazer um bom trabalho e a felicidade dessa gente é o infortúnio dos outros. Finalmente frases como "querem é o ordenado na conta ao fim do mês" são típicas das nulidades que passam o dia em blogues ou nos comentários de jornais de referência fazendo crer que são uns grandes trabalhadores/profissionais quando na realidade estão muito longe daquilo que se pode designar como um autêntico profissional. Continuo a dizer que apesar de ter razão, este seu artigo só está a dar importância a quem não a tem nem a merece.

     

Enviar um comentário

<< Home