O Comércio do Porto

Num período em que deixou de haver papel para a tinta correr, os jornalistas e demais trabalhadores de O COMÉRCIO DO PORTO encontram neste espaço a via para o exterior, por forma a manter viva a alma do jornal mais antigo de Portugal continental. Envie as suas mensagens para comercio151@hotmail.com

terça-feira, agosto 02, 2005

Amargos de boca...

A norte, no norte mais a norte, as notícias continuam a correr. Hoje, por exemplo, soube que a Fábrica de Chocolates Avianense foi comprada e que vai retomar a produção. Tal como o COMERCIO, era uma empresa centenária que nos adoçava a boca mas que, com muita amargura, fechou portas no ano passado. Na altura as páginas do COMERCIO deram conta da tristeza que foi para Viana do Castelo a perda desta empresa emblemática. Hoje estou aqui para dizer que ela vai reabrir, mas não em Viana do Castelo. Vai ser mais uma novela tipo Queijo Limiano produzido em Vale de Cambra. Mas não vou deixar de acompanhar de perto este caso, tal como muitos outros que vão surgindo diariamente. A minha sina - hoje mais entristecida - é ser jornalista, e isso só mesmo o destino é que me pode tirar.
Ivone Marques

5 Comments:

  • At 02 agosto, 2005 14:34, Blogger XAU XAU said…

    DUH AAHAHAHAHAH


    É SÓ RIR


    O CHORADINHO CONTINUA:::::...

     
  • At 02 agosto, 2005 14:54, Blogger Ivone Marques said…

    Não é choradinho nenhum. Ainda sou das que posso dizer que tenho a felicidade de continuar a trabalhar, mesmo não sendo no COMERCIO. No entanto há projectos nos quais nos envolvemos por amor, por carinho. Para mim o COMERCIO é isso mesmo, uma simples paixão. Tenho pena que não perceba o que é trabalhar e gostar muito de o fazer. Mas isso só faz sentido para quem viveu com o profissionalismo e o carinho dedicado pela excelente equipa do COMERCIO.

     
  • At 02 agosto, 2005 15:16, Blogger Vítor Hugo Alvarenga said…

    Ivone, sempre e que puderes, vai dando notícias, para os que nos visitam, mesmo que só para enconder frustrações interiores

     
  • At 02 agosto, 2005 18:59, Blogger Francisco Manuel said…

    Ivone, força, porque só nós compreendemos o que é o amor à nossa profissão. Não é pelo dinheiro que trabalhamos, é pelo amor a um projecto, dedicação a uma profissão mal paga, mas mesmo assim, não regateamos o empenho.
    força camaradas, podem ter enterrado o COMÉRCIO vivo, mas nós temos valor e vamos vingar, acreditem e por favor não baixem as canetas

     
  • At 03 agosto, 2005 12:34, Blogger carla sofia said…

    Meu caro XAU XAU, sem insultos...
    Quem se mascara por detrás de um -chamemos pseudónimo sem atacar livres pensadores e escritores -, e retira as mensagens colocadas que não lhe agradam, não merece o respeito de ninguém.
    Poderá ter toda a razão, mas perde-a ao esconder-se no anonimato. Quem tem coragem assume as suas opiniões.
    Obrigada e XAu Xau

     

Enviar um comentário

<< Home